Simbiose

À medida que a obsessão se faz mais profunda, o fenômeno da simbiose – interdependência entre o explorador psíquico e o explorado – se torna mais terrível. Chega o momento em que o perseguidor se enleia nos fluidos do perseguido de tal maneira que as duas personalidades se confundem… […] Referência: FRANCO, Divaldo P. Loucura […]

Leia Mais Aqui

Parasitose Obsessiva

[…] Sendo a parasitose obsessiva o resultado da ligação do perispírito do encarnado com o do Espírito, o intercâmbio de energias faz-se automaticamente. Ora, à medida que se torna mais acentuado o intercâmbio fluídico, a energia invasora passa a influenciar as células sangüíneas histiocitárias, que começam a produzir anticorpos e defesas imunológicas no nível que […]

Leia Mais Aqui

Parasitose Espiritual

Assim, os [Espíritos] que se encontram muito apegados às sensações materiais prosseguem, após o túmulo, a buscar sofregamente os gozos em que se compraziam. Para usufruí-los, vincu lam-se aos encarnados que vibram em faixa idêntica, instalando-se então o co mércio das emoções doentias. Por ou tro lado, os obsessores, por vingança e ódio, ligam-se às […]

Leia Mais Aqui

Subjugação

A subjugação é uma constrição que paralisa a vontade daquele que a sofre e o faz agir a seu mau grado. Numa palavra: o paciente fica sob um verdadeiro jugo. A subjugação pode ser moral ou corporal. No primeiro caso, o subjugado é constrangido a tomar resoluções muitas vezes absurdas e comprometedoras que, por uma […]

Leia Mais Aqui

Parasitismo Espiritual

O parasitismo espiritual (ou vampirismo) é um processo grave de obsessão que pode ocasionar sérios danos àquele que se faz hospedeiro (o obsidiado), levando-o à loucura ou até mesmo à morte. Referência: SCHUBERT, Suely Caldas. Obsessão/desobsessão: profilaxia e terapêutica espíritas. 16a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2004. – pt. 1, cap. 15 Ver também Vampirismo […]

Leia Mais Aqui

Vampirismo

Vampirismo: ação pela qual Espíritos involuídos, arraigados às paixões inferiores, se imantam à organização psicofísica dos encarnados (e desencarnados), sugando-lhes a substância vital. Referência: PERALVA, Martins. Estudando a mediunidade. 23a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2004. – cap. 13 Ver também Parasitose Espiritual – Parasitose Obsessiva

Leia Mais Aqui

Possessão

Na possessão, em vez de agir exteriormente, o Espírito atuante se substitui, por assim dizer, ao Espírito encarnado; toma-lhe o corpo para domicílio, sem que este, no entanto, seja abandonado pelo seu dono, pois que isso só se pode dar pela morte. A possessão, conseguintemente, é sempre temporária e intermitente, porque um Espírito desencarnado não […]

Leia Mais Aqui

Doze tribos de Israel

[…] simbolizam as divisões de povos ainda implantadas na Terra. Referência: ROUSTAING, J.B. (Coord.). Os quatro evangelhos: Espiritismo cristão ou revelação da revelação. Pelos Evangelistas assistidos pelos Apóstolos e Moisés. Trad. de Guillon Ribeiro. 7a ed. Rio de Janeiro: FEB, 1988. 4 v. – v. 3 Ver também Demônio  

Leia Mais Aqui

Dragão

[Dragões são] Espíritos caídos no mal, desde eras primevas da criação planetária, e que operam em zonas inferiores da vida, personificando líderes de rebelião, ódio, vaidade e egoísmo; não são, todavia, demônios eternos, porque individualmente se transformam para o bem, no curso dos séculos, qual acontece aos próprios homens. Referência: XAVIER, Francisco Cândido. Libertação. Pelo […]

Leia Mais Aqui

Demonio

Em todos os graus existe, portanto, ignorância e saber, bondade e maldade. Nas classes inferiores destacam-se Espíritos ainda profundamente propensos ao mal e comprazendo-se com o mal. A estes pode-se denominar demônios, pois são capazes de todos os malefícios aos ditos atribuídos. O Espiritismo não lhes dá tal nome por se prender ele à idéia […]

Leia Mais Aqui