Com a ressalva natural dos casos em que as mensagens têm o sentido de recados, ou trazem advertências especiais, o que se nota, em grande parte das comunicações, é que os guias espirituais preferem falar em tese, não citam nomes, não individualizam problemas nem gostam de vasculhar a vida íntima de quem quer que seja. Muitas e muitas vezes, por exemplo, até mesmo em círculos particulares de três a quatro pessoas, as entidades comunicantes aproveitam as oportunidades para dissertações gerais, ora sobre temas filosóficos, quando lhes parecem cabíveis, ora sobre questões morais ou crítica de idéias. Geralmente não descem a pormenores. Nem todos, no entanto, ou somente poucos participantes dessas reuniões, percebem que os instrutores espirituais se voltam mais para as causas do que para os casos em si. É uma sutileza que escapa à compreensão de muita gente.

Referência:
AMORIM, Deolindo. Análises espíritas. Compilação de Celso Martins. 3a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. – cap. 27

Para nós, espíritas, que somos os filhos da casa, essas mensagens podem não mais conter novidades, já não provocam emoções em nosso coração, que se habituou a elas, como a criança que, vivendo na fartura do leite e do pão, rejeita-os freqüentemente, saciadas que se sentem com a abastança no lar paterno. Mas, para aquele que só conheceu dogmas inexpressivos, que não chegaram a lhes fornecer a crença em Deus e em si próprios; para aquele que só conheceu o negativismo, que vive no materialismo porque nada racional lhe foi exposto em matéria de fé, embora sedento por algo que edifique a sua alma; para aquele que, se sofre, nada mais encontra à sua volta senão a desolação da incompreensão, uma dessas mensagens é o convite à esperança e à doçura do bem, murmúrio celeste segredando que, para além de nós mesmos, algo sublime existe desconhecido, mas que precisa conhecido.

Referência:
PEREIRA, Yvonne A. À luz do Consolador. 2a ed. Rio de Janeiro: FEB. 1997. – A força do exemplo

Obras Básicas Download

 

O Livro dos Espíritos DOWNLOAD

Pergunta número 1 feita ao Consolador prometido por Jesus:

1.Que é DEUS? Resposta: Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas.” 1(Vide Nota Especial nº 1, da Editora (FEB),à pág. 604.

 

O Evangelho Segundo o Espiritismo DOWNLOAD

 

Livro a Genese DOWNLOAD

 

O Livro dos Médiuns DOWNLOAD

 

Livro O Céu e o Inferno Download

Livros Download

Livro O que é o Espiritismo DOWNLOAD

 

Livro Obras Póstumas DOWNLOAD